Indústria

Infraestrutura

Empresas do Piauí podem ser beneficiadas pelo Corredor Centro-Norte

Road Show apresentou a infraestrutura que sai do Centro-Oeste em direção ao porto de Itaqui, no Maranhão

 
Infraestrutura e gargalos do Corredor Centro-Norte foram apresentados na Fiepi (Fotos: divulgação e Piauí Negócios)

 Infraestrutura e gargalos do Corredor Centro-Norte foram apresentados na Fiepi (Fotos: divulgação e Piauí Negócios)

 
 

Empresas do Piauí poderão ser beneficiadas em uma possível prestação de serviços para o sistema de transporte Corredor Centro-Norte, que liga o Centro-Oeste em direção ao Porto de Itaqui, no Maranhão. Nessa terça-feira, dia 14, o 1º Road Show Integração e Desenvolvimento do Corredor Centro-Norte apresentou as facilidades do Corredor Centro-Norte enquanto geração de negócio e comércio exterior para o mercado piauiense. O evento foi realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi), na zona sul de Teresina.

“Os empresários do Piauí podem prestar serviços a outras empresas que fazem uso do Corredor, até devido à proximidade com nosso vizinho Maranhão. Podem atuar na área de logística, softwares, construção, transportes, enfim, diversas áreas que podem ser desenvolvidas ao longo do trajeto”, disse ao Piauí Negócios Islano Marques, gestor da Área Internacional e de Mercado do Sistema Fiepi e um dos organizadores do evento.

As empresas do Piauí podem prestar serviços a outras empresas que fazem uso do Corredor, segundo Inslânio Marques, da Fiepi

 

Roland Klein Jr, da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Corredor Centro Norte (Adecon), explicou que a troca de informações entre setores de logística e mercado público e privado e importante para a constante evolução do sistema de transporte na região e busca por maneiras de baratear o comércio exterior via Corredor Centro -Norte. “Inclusive é importante fortalecer a integração entre os setores hidroviário, integrados a segmentos rodoviários e ferroviário”, comentou.

O Corredor Centro-Norte abrange os Estados do Maranhão, Tocantins, Goiás, e os municípios do sul do Pará e do nordeste de Mato Grosso e é interligado ao Matopiba, pelos estados do Piauí e Bahia.

Roland Klein Jr, da (Adecon), ressaltou a importância da integração entre os moldais ferroviário, rodoviários e hidroviário

O principal ponto de saída e entrada de mercadoria fora do Brasil, via Corredor Centro-Norte, é o Porto de Itaqui, que passou por melhorias nos últimos anos.  Entre os avanços, um novo berço para movimentação de combustíveis, o Terminal de Grãos do MA operando em sua segunda fase, que junto com o sistema VLI tem capacidade de movimentação de 20 milhões de toneladas, o novo terminal de fertilizantes da COPI, que acaba de entrar em operação como o mais moderno da América Latina, e o novo pátio de contêineres, que possibilitou a retomada da linha regular de cabotagem, com escala semanal.

O Road Show Integração e Desenvolvimento do Corredor Centro-Norte será realizado de setembro a novembro passando, depois de Teresina,  pelas cidades Balsas MA no dia 17/09, Araguaína TO no dia 21/09, Imperatriz MA no dia 23/09, Uruaçu GO no dia 28/09 e Porangatu GO no dia 30/09.

 

Em outubro o Road Show contemplará as cidades de Gurupi TO no dia 05/10, Porto Nacional TO no dia 07/10, Santana do Araguaia PA no dia 13/10, Confresa MT no dia 15/10 e Canarana MT no dia 19/10. Finalizando em novembro nas cidades de São Paulo SP no dia 04/11 e em Brasília DF no dia 09/11, onde será apresentado os resultados dos trabalhos.

Esses encontros ocorrerão de forma híbrida, presencial e on-line, e contarão com a participação das autoridades locais, produtores, sociedade civil organizada e demais interessados na logística, agronegócio e desenvolvimento econômico e social.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Mais de Indústria