logo

Sumirá em 20 segundos

Agronegócio

Safra

Produtores do Piauí trocam algodão e milho por soja por ser mais valorizada

Parte deste aumento vem da migração das áreas de algodão e milho

 
O levantamento está no site da Conab (imagem: reprodução)

 O levantamento está no site da Conab (imagem: reprodução)

 
 

O bom desempenho da soja brasileira no mercado externo gerou mais investimentos dos produtores piauienses no plantio da oleaginosa. De acordo com o 10º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21, divulgado no iníicio de julho pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o aumento na área plantada com esta cultura no estado chegou a 10%, com um total de 834,8 mil hectares. Parte deste aumento vem da migração das áreas de algodão e milho 1ª safra, além da abertura de novas áreas para a soja, principalmente na região sudoeste do Piauí. O movimento impactou também na produção, prevista em 2,7 milhões de toneladas, 7% a mais que a de 2019/20.

De acordo com o boletim da Conab, a colheita nas lavouras de soja já está finalizada. As condições de chuvas irregulares durante todo o mês de janeiro ameaçaram causar prejuízos na produtividade do grão, mas o retorno das precipitações em fevereiro favoreceu o desenvolvimento final da cultura.

 


Leia mais

Contrato da Transcerrados será assinado no dia 26 de julho

Agronegócio fará PIB do Piauí crescer quase 4% em 2021, prevê estudo

Bom Jesus vai ganhar agência bancária especializada em agronegócio


 

A área de milho 1ª safra, com queda de 1,6%, atingiu 428,5 mil hectares. A produtividade média esperada no estado, que leva em consideração a agricultura familiar e empresarial, gira em torno dos 4.427 kg/ha, redução de cerca de 5,9% em relação à safra anterior. Já para o milho 2ª safra houve um aumento de 193,1% na área, que até o momento registra 94,1 mil hectares. Isso porque muitos produtores locais conseguiram implantar boas áreas de soja ainda em outubro e a colheita foi antecipada.

 

No entanto, as chuvas ocorridas durante o mês de maio foram muito irregulares e de baixa intensidade, gerando expectativa de produtividade 12,4% menor, que gira em torno dos 4.000 kg/ha. Ainda assim, a produção total de milho na região, somando-se as duas safras, deve aumentar cerca de 3,6% e chegar a 2,2 milhões de toneladas.

O levantamento da Conab também observa outras culturas desenvolvidas no Piauí, como algodão, arroz, fava, feijão, mamona e sorgo. A soma de todas leva a uma produção prevista em 5,2 milhões de toneladas de grãos no estado, que representa aumento de 4,2% em relação à safra passada, que foi concluída em 5 milhões de toneladas.

Os dados completos da safra regional podem ser conferidos no 10° Levantamento de Grãos, junto com os resultados em todo o país. O boletim é disponibilizado no Portal da Conab.
 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: Conab

Mais de Agronegócio