Pesquisas

IBGE

Puxado pelo setor agrícola, PIB do Piauí cresce 7,7%

Setor cresceu 130% em 2017, elevando o crescimento da economia piauiense

 
PIB do Piauí cresceu 7,7% em 2017, o segundo melhor desempenho do Brasil (Foto: Reprodução)

 PIB do Piauí cresceu 7,7% em 2017, o segundo melhor desempenho do Brasil (Foto: Reprodução)

 
 

O impressionante crescimento de 130% na agricultura fez com que o Produto Interno Bruto (PIB) do Piauí crescesse 7,7% em 2017, o segundo melhor desempenho do Brasil, atrás apenas do Estado de Mato Grosso (12,1%).  Naquele ano, a riqueza produzida pelos piauienses foi de R$ 45,3 bilhões, ante R$ 41,4 bilhões de 2016, quando o PIB havia recuado 3,3% em relação a 2015.

 

Os números foram divulgados nesta quinta-feira, 14, pelo IBGE, em parceria com o Governo do Estado do Piauí.  A defasagem de dois anos na divulgação do PIB é explicada porque é necessário tempo para a contabilização das bases de dados mais completas e abrangentes. 

 

O desempenho da agricultura piauiense contrasta com a estagnação da economia piauiense em outros dois setores que compõem a maior parte da riqueza do Estado: a indústria e os serviços (que englobam comércio). Em 2017, o PIB da indústria caiu 3,8%, enquanto o de serviços subiu apenas 2%.

PIB da agricultura cresceu quase R$ 2 bilhões no período de um ano (Reprodução)

Queda na construção civil pelo quarto ano consecutivo derruba PIB da Indústria

Estagnação no comércio e setor automotivo faz serviços crescer apenas 2%

 

O sucesso na agropecuária fez com que a participação do setor na composição do PIB do Piauí quase dobrasse: passou de 5,1% para 9,4%. Foram R$ 3,8 bilhões produzidos no ano, um acrescimento de quase R$ 2 bilhões em relação a 2016. A expansão veio principalmente do setor agrícola, especialmente da variação positiva da quantidade colhida de soja (que mais que dobrou a produção), arroz, feijão, milho e da cana-de-açúcar. Dentro da pecuária, destaca-se o crescimento em volume de suínos, aves e pesca.

 

PIB (soma das riquezas produzidas no Piauí) em 2017 atingiu R$ 45,3 bilhões

 

Fonte: IBGE, Seplan-PI

Mais de Pesquisas