https://sso.umk.ac.id/public/jsonn/https://www.inovadoor.com.br/https://sso.umk.ac.id/public/spaces/https://sso.umk.ac.id/public/posts/https://sso.umk.ac.id/public/document/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/toto-slot/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/apps/https://sso.umk.ac.id/public/plugin/https://sso.umk.ac.id/public/amp/https://159.203.61.47/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/config/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/jpg/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/tmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/kmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/amp/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/restore/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vendor/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/file/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vps-root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/files/https://sso.umk.ac.id/public/analog/https://sso.umk.ac.id/public/etc/https://sso.umk.ac.id/public/bulk/https://138.197.28.154/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/json/https://dema.iainptk.ac.id/scholar/https://wonosari.bondowosokab.go.id/wp-content/upgrade/https://untagsmg.ac.id/draft/https://sso.umk.ac.id/public/web/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/data/https://sso.umk.ac.id/public/right/https://sso.umk.ac.id/public/assets/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/themess/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/wp-content/luar/https://sso.umk.ac.id/public/tmp/https://sso.umk.ac.id/public/font/https://dema.iainptk.ac.id/assets/https://dema.iainptk.ac.id/root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/assets/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://gem.araneo.co.id/https://mawapres.iainptk.ac.id/mp/https://152.42.212.40/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/pages/https://admpublik.fisip.ulm.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/wp-content/pul/https://env.itb.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/vendor/https://sikerja.bondowosokab.go.id/font/https://pmb.kspsb.id/gemilang77/https://pmb.kspsb.id/merpati77/https://disporpar.pringsewukab.go.id/wp-content/filess/https://pmnaker.singkawangkota.go.id/filess/https://triathlonshopusa.com/https://websitenuri77.blog.fc2.com/

Indústria

Meio ambiente

Empresas do Piauí têm iniciativas que já seguem a nova política industrial do Brasil

Ações sustentáveis estão no centro da Nova Indústria Brasil para desenvolver o setor no país até 2033

 
 
A Piauí Milhos abastece 95% de suas linhas de produção com energia solar

 A Piauí Milhos abastece 95% de suas linhas de produção com energia solar

 
 

A nova política industrial foi desenhada para impulsionar o desenvolvimento econômico e social até 2033, com sustentabilidade e inovação. Dentre as seis principais metas da nova política industrial estão o desenvolvimento de infraestrutura sustentável para a integração produtiva e a transição para fontes de energia mais limpas, impulsionando a bioeconomia. No cenário piauiense, há empresas que já possuem iniciativas ligadas a esses dois temas: a Piauí Milhos e a Pretel.

Com um dos maiores pátios de energia solar do estado, equipado com 2.850 placas geradoras de 1 MW, a Indústria Piauí Milhos abastece aproximadamente 95% de suas linhas de produção com energia limpa. Além disso, a indústria realiza um tratamento avançado em sua estação de tratamento de esgoto (ETE), onde é realizado todo o tratamento de descontaminação da água captada na indústria e reutilizada na limpeza dos caminhões das frotas de empresa.

“A nossa indústria está constantemente em busca de meios sustentáveis que possam vir a ser utilizados nos nossos processos produtivos, com o intuito de diminuir os impactos ambientais decorrentes aos processos de produção”, afirma Rosana Santos, engenheira responsável pelo Controle de Qualidade na Piauí Milhos.

 

 Rosana Santos, engenheira responsável pelo Controle de Qualidade na Piauí Milhos

 

A Pretel, indústria especializada na produção de pré-moldados, implementou uma iniciativa sustentável que consiste na reutilização de madeira e papelão em diferentes fases de sua produção. Após alcançarem o fim de sua vida útil, esses materiais são destinados a abatedouros ou padarias no caso da madeira, enquanto o papelão é encaminhado para uma empresa de reciclagem.

A empresa também encaminha plástico, pneus e toners de impressora para processos de reciclagem. Gabrielle Gomes, engenheira civil da Pretel, destaca o benefício desse processo para a empresa e o meio ambiente. “Para o meio ambiente é uma redução na quantidade de resíduos a serem descartados em lixões e aterros. Além disso, podemos destacar que qualquer forma de reaproveitamento é uma maneira de não adquirir novos materiais, portanto, gera de alguma forma economia", afirma Gabrielle.


Leia também

Brasil ganha nova política industrial com metas e ações para o desenvolvimento até 2033

Codin aprova incentivos para três novas indústrias no Piauí; conheça os nomes

Indústria e agro ampliam espaço na economia de municípios do Piauí


Para Federico Musso, presidente do Centro das Indústrias do Piauí (Ciepi), tomar medidas necessárias para contribuir na redução das mudanças climáticas é uma questão urgente. No entanto, ele enfatiza a importância de encontrar um equilíbrio para diminuir o impacto ambiental sem prejudicar a eficiência na produção industrial.

“Entendemos a importância de tomar medidas necessárias para contribuir com a diminuição do impacto ambiental da indústria no planeta. Mas é preciso entender que se tratam de tecnologias mais caras, inovadoras, que precisam de linhas de financiamento especiais”, afirma o empresário.

Musso explica que apesar na necessidade de iniciativas de sustentabilidade nas empresas, nem sempre elas agregam resultados económicos, por isso é importante também entender a necessidade da procura de um equilíbrio entre o que pode ser feito para diminuir o impacto ambiental, sem prejudicar a eficiência na produção.

“As indústrias precisam atender a uma demanda mundial que cresce constantemente e que precisa de uma cadeia produtiva que possa atendê-la de forma eficiente, para que além de chegar produtos sustentáveis ao consumidor final, eles cheguem com preços justos e acessíveis”, finaliza o presidente do Ciepi.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Fonte: CIEPI

Mais de Indústria