https://sso.umk.ac.id/public/jsonn/https://www.inovadoor.com.br/https://sso.umk.ac.id/public/spaces/https://sso.umk.ac.id/public/posts/https://sso.umk.ac.id/public/document/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/toto-slot/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/apps/https://sso.umk.ac.id/public/plugin/https://sso.umk.ac.id/public/amp/https://159.203.61.47/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/config/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/jpg/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/tmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/kmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/amp/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/restore/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vendor/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/file/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vps-root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/files/https://sso.umk.ac.id/public/analog/https://sso.umk.ac.id/public/etc/https://sso.umk.ac.id/public/bulk/https://138.197.28.154/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/json/https://dema.iainptk.ac.id/scholar/https://wonosari.bondowosokab.go.id/wp-content/upgrade/https://untagsmg.ac.id/draft/https://sso.umk.ac.id/public/web/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/data/https://sso.umk.ac.id/public/right/https://sso.umk.ac.id/public/assets/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/themess/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/wp-content/luar/https://sso.umk.ac.id/public/tmp/https://sso.umk.ac.id/public/font/https://dema.iainptk.ac.id/assets/https://dema.iainptk.ac.id/root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/assets/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://gem.araneo.co.id/https://mawapres.iainptk.ac.id/mp/https://152.42.212.40/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/pages/https://admpublik.fisip.ulm.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/wp-content/pul/https://env.itb.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/vendor/https://sikerja.bondowosokab.go.id/font/https://pmb.kspsb.id/gemilang77/https://pmb.kspsb.id/merpati77/https://disporpar.pringsewukab.go.id/wp-content/filess/https://pmnaker.singkawangkota.go.id/filess/https://triathlonshopusa.com/https://websitenuri77.blog.fc2.com/

Comércio & Serviços

turismo

O que explica a alta na procura de turistas por Teresina

Número de visitantes à capital do Piauí cresceu 30% entre 2022 e 2023

 
 
Em 2023, a capital gerou mais de R$ 400 milhões em turismo (Fotos: divulgação)

 Em 2023, a capital gerou mais de R$ 400 milhões em turismo (Fotos: divulgação)

 
 

Recentes pesquisas apontaram Teresina, capital do Piauí, como um dos destinos brasileiros em ascensão no turismo. Dados de plataformas como Booking.com e Decolar.com revelam um aumento na procura pela cidade, colocando-a entre os locais nacionais mais buscados. 

Segundo a plataforma de hospedagens Booking.com, Teresina é um dos oito destinos nacionais mais procurados por brasileiros em busca de experiências novas e menos convencionais. O levantamento, feito com base nos destinos nacionais que mais registram reservas, considerou as principais tendências de viagens em 2024. 

Já na pesquisa da Decolar, que considerou 20 cidades nacionais e internacionais, Teresina apareceu como o 12º local mais buscado pelos usuários da plataforma para as férias de janeiro de 2024. O estudo destaca os destinos mais buscados pelos consumidores para viagens nas férias de janeiro de 2024, com base na procura de passagens aéreas no site e app da companhia. 

O resultado chamou a atenção porque colocou Teresina na frente de cidades com turismo já consolidado, como Curitiba, São Luís e Maceió.    .

Teresina é um dos 8 destinos nacionais mais procurados para 2024

 

Mas, o que explica esse fenômeno? De acordo com Enéas Barros, coordenador de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), o destaque de Teresina nas pesquisas pode ser atribuído, principalmente, às estratégias de promoção da cidade em feiras e eventos de turismo. Além disso, famtours, viagens de familiarização onde as qualidades turísticas da cidade são apresentadas aos agentes e operadores de viagens - também contribuem para este reconhecimento.

“Há anos estamos participando de eventos nacionais para mostrar o potencial de Teresina. Levamos nosso estande e visitamos os operadores de turismo. São eles que elaboram os pacotes turísticos comercializados pelos agentes de viagens. Nessas feiras, incentivamos a inclusão de Teresina em seus roteiros turísticos. Já fizemos três viagens de familiarização em que trouxemos os agentes para conhecerem a nossa capital. Com isso, as pessoas começam a se interessar pelo o que Teresina tem a oferecer”, explica o coordenador. 

Enéas Barros, coordenador de Turismo da Semdec 

 

Conforme aponta Enéas Barros, o principal fator que atrai pessoas à cidade é o turismo de negócios. "Nossas análises mostram que a maioria dos visitantes vem a Teresina por motivos de negócios e eventos. Mesmo havendo um crescimento no número de turistas no final do ano, as viagens para Teresina são voltadas para negócios", enfatiza. 

Receita do turismo foi de R$ 443 milhões na capital em 2023

Os dados publicados na Revista de Indicadores Turísticos, elaborada pela Semdec, confirmam essa tendência. De janeiro a outubro de 2023, Teresina recebeu 489.552 turistas, um crescimento de 30% em relação ao mesmo período de 2022. Do total de visitantes, a grande maioria viajou sozinha (73,9%) e mais da metade deles veio à cidade por motivos relacionados a negócios, trabalho ou compras (52,9%). Uma parcela visitou amigos e familiares (19,9%), enquanto outros chegaram para participar de eventos e estudos (12,7%) ou para desfrutar de atividades de lazer (12,3%).

Revista de Indicadores Turísticos

 

O turismo em Teresina gerou uma receita de R$ 446 milhões em 2023, o que demonstra que a demanda crescente por viagens de negócios e eventos gera um grande impacto econômico, uma vez que impulsiona serviços locais como hospedagem, gastronomia e transporte. 

“A chegada de pessoas a Teresina para participação em eventos traz diversos benefícios econômicos, uma vez que acarreta a utilização de uma variedade de serviços locais. Esses visitantes necessitam de acomodações, utilizam meios de transporte, frequentam restaurantes e consomem produtos e serviços da cidade. Isso impulsiona muitas atividades econômicas, contribuindo para a geração de empregos, aumento da renda e injetando recursos na economia local”, ressalta o economista Francisco Sousa.

Revista de Indicadores Turísticos

 

Ainda segundo o levantamento, 68% dos turistas que visitaram Teresina no ano passado optaram por se hospedar em hotéis ou flats. O gasto médio apenas com acomodações foi de R$ 843,72. Lariça Oliveira, gerente-geral do Metropolitan Hotel, observa que cerca de 90% dos seus clientes são do segmento de turismo de negócios. “O fluxo de hospedagem tem crescido desde o início de 2023 e as expectativas são de grandes movimentações para 2024”, diz. 

Metropolitan Hotel, localizado no Centro de Teresina

 

Turismo rural se destaca entre os que buscam lazer

Embora o ponto forte de Teresina seja o turismo de negócios, a capital do Piauí também se destaca por seus atrativos turísticos, como a Ponte Estaiada, o Encontro dos Rios e o turismo rural. A Rota dos Sítios, por exemplo, concentra mais de 20 empreendimentos localizados na zona rural da cidade, oferecendo experiências em meio à natureza e ao ambiente arborizado da capital.

Para Jorge Leite, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens no Piauí (ABAV-PI), já é possível observar o crescimento do turismo voltado ao segmento de lazer. “É evidente o crescimento do turismo em Teresina. Mesmo com o foco tradicional em negócios e eventos, observamos um aumento nos passeios e visitações aos nossos pontos turísticos. A Rota dos Sítios está bem divulgada e tem atraído muitos visitantes. Na ABAV, buscamos facilitar a interação entre as agências de viagens e os visitantes”, diz Jorge Leite.

Jorge Leite, presidente da ABAV-PI

 

Quem também percebeu o crescimento da procura por Teresina foi o guia de turismo Edson Ribeiro, conhecido como Ehbondinho”. Atuando no mercado há três anos, ele recebe visitantes de várias partes do Brasil e do exterior. Embora muitos turistas busquem outros destinos no Piauí, como o Delta do Parnaíba e a Serra da Capivara, Edson destaca que vários também exploram Teresina com seu city tour, um passeio que ele oferece para mostrar os principais pontos turísticos da cidade.

Guia Edson Ribeiro trabalha com turismo há três anos em Teresina

 

“O fluxo de turistas na cidade está crescendo e nossa demanda vem aumentando desde 2022. No ano passado, atendi 119 pessoas e esse ano já tenho 23 clientes agendados. Aqui em Teresina, as pessoas saem encantadas com o que mostramos. Visitamos a Ponte Estaiada, e o Polo Cerâmico, o Encontro dos Rios e nossos clientes saem maravilhados e com uma impressão bastante otimista da cidade”, relata o guia. 

Edson Ribeiro recebe turistas de todo o Brasil 

 

Edson Ribeiro conta que as expectativas para o ano de 2024 são boas e lamenta que muitos teresinenses não reconhecem as potencialidades de sua própria cidade. “Fico triste porque muitos não enxergam o potencial que temos aqui. Claro que temos muitas dificuldades, mas, por ter esse contato direto com os turistas, percebo que temos muitas potencialidades ainda pouco exploradas”, acrescenta. 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Mais de Comércio & Serviços