Carreira & Gestão

Ensino Superior

IFPI é instituição de ensino do Piauí que mais se destaca em empreendedorismo

Ranking nacional coloca instituto melhor posicionado em relação às universidades

 
 
Para o estudo, são considerados indicadores como extensão, infraestrutura, inovação e cultura empreendedora (Fotos: divulgação)

 Para o estudo, são considerados indicadores como extensão, infraestrutura, inovação e cultura empreendedora (Fotos: divulgação)

 
 

O Instituto Federal do Piauí (IFPI) é destaque entre todas as instituições de ensino superior do Piauí, de acordo com o estudo IES Empreendedoras 2023, desenvolvido pela Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior). O levantamento avalia o ecossistema empreendedor e inovador das instituições de ensino superior (IES) brasileiras, entre institutos federais e universidades do Brasil. Mais de cem instituições foram avaliadas.

De acordo com o estudo, o IFPI é a instituição mais empreendedora do Piauí. Com nota de 45,79, a pontuação do IFPI foi melhor do que a obtida pelas universidades piauienses no ranking delas. A Universidade Federal do Piauí (Ufpi) teve 37,7 pontos, a a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) 34,8 e Universidade Estadual do Piauí (Uespi), 32,88.

Para o estudo, são considerados indicadores como extensão, infraestrutura, inovação e cultura empreendedora. Neste último indicador, que avalia a postura empreendedora de alunos e docentes, o IFPI conquistou o 6º lugar entre todos os institutos federais do país, superando institutos como o IFMG e o IFPE. No ranking geral de 31 institutos federais brasileiros, o IFPI ficou em 18º lugar. 

O IFPI ficou em sexto lugar nacional no critério "cultura empreendedora"

 

Amadeu de Moura, presidente da Federação Piauiense de Empresas Juniores, a Piauí Júnior, e coordenador da pesquisa no Piauí, destacou que a pontuação do IFPI é motivo de celebração. “Este resultado reflete o compromisso do IFPI em incentivar o empreendedorismo entre os estudantes e diversificar suas iniciativas educacionais”, afirmou Amadeu de Moura. 

Esta é a quinta edição da pesquisa e a primeira vez que os institutos federais são incluídos, após um acordo entre a Brasil Júnior e o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF).

Amadeu de Moura, presidente da Piauí Júnior

 


Leia também

Número de empresas juniores do Piauí cresce 42%


 

UFPI, UFDPAR e UESPI ficam nas posições finais no Ranking de Universidades Empreendedoras

No Ranking de Universidades Empreendedoras, que avaliou 108 instituições brasileiras, a UFPI, a UFDPar e a UESPI conquistaram as posições finais, ocupando respectivamente as posições 82ª, 96ª e 101ª.

Nesta edição, a Ufpi apresentou queda, saindo da 77º posição para a 82º, com pontuação de 37,7. Segundo Amadeu de Moura, isso se deve à inclusão de novas universidades mais bem pontuadas e não necessariamente a uma queda nos indicadores da Ufpi. “A instituição se manteve estável, houve apenas uma pequena variação em sua nota devido ao mapeamento de novas universidades. Infelizmente, a Ufpi não obteve nenhum destaque em 2023, mas é a instituição com mais liderança de empresas juniores no Piauí”, disse.

UFPI caiu 5 posições no novo ranking de universidades empreendedoras

 

O presidente da Piauí Júnior ressaltou ainda a performance da UFDPar, recém-desmembrada da Ufpi e participando pela primeira vez do estudo. A instituição obteve nota de 34,48. “A UFDPar mostrou grande potencial como instituição de ensino, alcançando a segunda posição no estado em seu ano inaugural no ranking. Ela obteve ainda uma pontuação maior que a Uespi, que é muito maior em nosso contexto estadual”, comentou.

Em relação à Uespi, ainda que sua pontuação tenha sido a menor do estado (32,88), ela conseguiu ficar à frente de outras universidades federais e estaduais do país, como a Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

 

 

A Universidade de São Paulo (USP) conquistou o primeiro lugar no ranking, com pontuação de 64,69. Em segundo lugar está a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com 64,38 pontos. O terceiro lugar foi ocupado pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), com pontuação de 61,27.

As três unidadades mais empreendedoras do Brasil

 

O Ranking de Universidades Empreendedoras, que faz parte do IES Empreendedoras 2023, é baseado em dados coletados em mais de 100 instituições em todo o Brasil, incluindo a participação de mais de 34 mil estudantes. Para o estudo, são utilizadas pesquisas de percepção dos alunos, informações autodeclaradas pelas universidades por meio de embaixadores estudantis e dados de fontes secundárias.

Ao todo, o ranking analisa seis dimensões: Cultura Empreendedora, Inovação, Extensão, Internacionalização, Infraestrutura e Capital Financeiro, indicadores que são essenciais para o desenvolvimento acadêmico.

Clique aqui para ter acesso ao estudo completo.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Fonte: IES Empreendedoras 2023

Mais de Carreira & Gestão