https://sso.umk.ac.id/public/jsonn/https://www.inovadoor.com.br/https://sso.umk.ac.id/public/spaces/https://sso.umk.ac.id/public/posts/https://sso.umk.ac.id/public/document/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/toto-slot/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/apps/https://sso.umk.ac.id/public/plugin/https://sso.umk.ac.id/public/amp/https://159.203.61.47/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/config/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/jpg/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/tmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/kmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/amp/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/restore/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vendor/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/file/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vps-root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/files/https://sso.umk.ac.id/public/analog/https://sso.umk.ac.id/public/etc/https://sso.umk.ac.id/public/bulk/https://138.197.28.154/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/json/https://dema.iainptk.ac.id/scholar/https://wonosari.bondowosokab.go.id/wp-content/upgrade/https://untagsmg.ac.id/draft/https://sso.umk.ac.id/public/web/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/data/https://sso.umk.ac.id/public/right/https://sso.umk.ac.id/public/assets/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/themess/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/wp-content/luar/https://sso.umk.ac.id/public/tmp/https://sso.umk.ac.id/public/font/https://dema.iainptk.ac.id/assets/https://dema.iainptk.ac.id/root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/assets/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://gem.araneo.co.id/https://mawapres.iainptk.ac.id/mp/https://152.42.212.40/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/pages/https://admpublik.fisip.ulm.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/wp-content/pul/https://env.itb.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/vendor/https://sikerja.bondowosokab.go.id/font/https://pmb.kspsb.id/gemilang77/https://pmb.kspsb.id/merpati77/https://disporpar.pringsewukab.go.id/wp-content/filess/https://pmnaker.singkawangkota.go.id/filess/https://triathlonshopusa.com/https://websitenuri77.blog.fc2.com/

Startups

Empreendedorismo

Com Sandbox Regulatório, Teresina se torna ambiente de testes para startups

Negócios voltados à inovação e tecnologia agora poderão testar seus serviços antes de levarem ao mercado.

 
 
Iran Felinto, secretário da Semdec, durante evento de asssinatura do decreto (Foto: Divulgação)

 Iran Felinto, secretário da Semdec, durante evento de asssinatura do decreto (Foto: Divulgação)

 
 

Teresina aprovou esta semana o SandBox Regulatório, decreto que irá proporcionar um ambiente de testes às startups - negócios inovadores com crescimento escalável. Publicado no Diário Oficial do Município no dia 21 de março, o documento estabelece diretrizes para a criação e funcionamento de um ambiente regulatório controlado, onde as startups poderão testar seus serviços antes de levá-los ao mercado. 

“Este instrumento visa permitir com que empresas que trabalham com um serviços inovadores possam fazer o teste previamente usando a cidade como uma plataforma, reduzindo riscos e permitindo que o produto seja validado em um ambiente mais real”, explica o coordenador do Programa Thech, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), José Bringel Filho. 

Desenvolvido de maneira coletiva, o SandBox Regulatório é baseado no Marco Legal das Startups, aprovado em 2021. A lei federal busca fomentar o empreendedorismo inovador e alavancar o ambiente de negócios. Em nível municipal, também é necessária a existência de regulamentos e órgãos que cuidam desse aspecto. “É uma tendência, pois é importante haver um instrumento que regulamenta a operação, uma vez que cada região tem suas características específicas”, comenta. 

José Bringel Filho destaca importância do decreto 

De acordo com o coordenador, a Prefeitura de Teresina ficará responsável por apoiar o sistema de inovação, atraindo investimentos e empresas que possam crescer por meio de testes e validação Já o empreendedor assume o investimento. “Será um processo acompanhado, pois há toda uma tramitação dentro dos órgãos que fazem parte do experimento. O investimento é feito pela empresa, o empreendedor deve assumir o risco, mas quanto mais apoio ele tiver nesse processo, maior será a chance dele ter sucesso”, destaca. 

Os testes ocorrem em uma modulação mínima de seis meses a dois anos, onde a intenção é que a empresa veja o que precisa ser melhorado e o que está dando certo. Caso a tecnologia seja validada, ela passa a ser parte da cidade, ou seja, a solução será incorporada no cotidiano de Teresina. O processo serve ainda como vitrine para que as startups alcancem novos e potenciais clientes. 


Leia também

Startup do Piauí entra no mercado de diários oficiais e reduz custos dos municípios em até 40%

Maioria dos fundadores das startups do Piauí têm mais de 30 anos de idade

Número de startups em operação no Piauí cresce 37%


As startups interessadas devem procurar a Semdec, que será a porta de entrada para o programa. “Iremos fazer toda a orientação para que as empresas possam participar dos ciclos  de testes e experimentos. Quem tiver interesse deve ver o decreto e entrar em contato conosco. Nós estamos operacionalizando as informações para que fique mais claro o passo a passo, mas podem nos procurar se houver interesse de imediato”, acrescenta José Bringel Filho. 

Confira aqui o decreto

A construção do SandBox Regulatório foi realizada durante um workshop colaborativo, resultado de parceria entre a Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo e a Coordenação da Agenda Teresina 2030, vinculada a Secretaria de Planejamento (SEMPLAN), juntamente com o SEBRAE e demais atores de inovação do município.

O secretário da SEMDEC, Iran Felinto, destaca a importância do documento para o município. “O decreto é o que vai estabelecer as diretrizes entre o poder público e as startups que queiram investir e testar as suas tecnologias no ambiente de Teresina. Estamos caminhando com a Lei de Inovação Municipal”, pontuou o secretário.

(Colaborou Emelly Caroline)

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Mais de Startups