Pesquisas

Covid-19

Investimentos das empresas do Piauí caíram 51% com a pandemia

Pesquisa realizada pela Sudene aponta o impacto do coronavírus na economia

 
 
 

Uma pesquisa realizada pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene)- em conjunto com a Datamétrica, sobre o impacto da pandemia na economia do Piauí, apontou que os investimentos das empresas caíram 51%, sendo o comércio e serviços os setores mais afetados.

O levantamento foi realizado entre 08 de março e 09 de abril deste ano, com de mil entrevistas nos nove estados do Nordeste, além de Minas Geras e Espírito Santo, estados de atuação da Sudene. O cenário registrado foi, além de que investimentos, perdas em faturamento de lucro e maior endividamento das empresas.

Segundo dados da RAIS- Relação Anual de Informações Sociais, ligada ao Ministério da Economia, o Piauí tem 40.945 empresas, dessas, 24.993 são de setor comercial e 10.602 do setor de serviços. Esses foram os setores que mais sentiram os efeitos da pandemia, incluindo medidas como o lockdown, reajuste de insumos e o sumiço de clientes.

Nesse universo, 41,2% afirmaram que as perdas na renda e faturamento foi entre 26% e 50% . O lucro também sofreu uma retração importante para 46,6% dos empresários, que sentiram uma queda entre 26% e 50%. No mesmo patamar de perdas foi o endividamento de 39,9% dos entrevistados.

A pesquisa apontou que quem mais sentiu os efeitos negativos da pandemia foram as de economias menores, os mercados menos estruturados e menos regulamentados, e os setores que dependem necessariamente do contato com o seu consumidor direto. Foram principalmente impactados municípios menores, com economias mais frágeis, pois houve perda de renda, desarticulação da cadeia produtiva da qual eles participam e um aumento nas despesas públicas. Ou seja: pequenos produtores, comércio de varejo, serviços e o turismo.

Vendas por meio digital

A pandemia e o isolamento social criaram uma necessidade de consumo e o mercado teve que responder. As entrevistas revelam uma percepção de que a incorporação das ferramentas online foram a solução para o atendimento da demanda. Boa parte desses processos tecnológicos e ferramentas online já existiam, e a pandemia precipitou o contato virtual mais ativo.

Clique aqui para ter acesso à pesquisa

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Mais de Pesquisas