Indústria

Inovação

IFPI faz parceria com CIEPI para levar inovação à indústria piauiense

O objetivo é levar modernização e criação de novos produtos industriais.

 
15ª reunião ordinária do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (CIEPI)

 15ª reunião ordinária do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (CIEPI)

 
 

Na 15ª reunião ordinária do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (CIEPI) diversos temas sobre perspectivas e projeções para o cenário da indústria piauiense foram discutidos, dentre os principais a oficialização da parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI). O objetivo da parceria é promover inovação tecnológica no setor, produção de soluções e atendimento às necessidades de modernização e criação de novos produtos industriais.

Andrade Júnior, presidente do CIEPI, ressalta que um dos principais tripés para a renovação da indústria do Piauí é a inovação. “O ponto ápice da reunião foi a presença do reitor do IFPI, profº Paulo Borges, na concretização de um dos pilares da nossa gestão que é a inovação. A ideia é levar os mestres e doutores para as indústrias. Acreditamos que essa ação irá contribuir para o desenvolvimento de melhorias no setor. É preciso ter um forte investimento público na tecnologia, ciência e pesquisa para se ter uma indústria mais pujante e desenvolvida”, disse.

A Federação das indústrias do Estado do Ceará (FIEC) tem uma pesquisa avaliativa chamada índice FIEC de inovação. Nesse parâmetro são colocados a qualidade da graduação do Estado, qualidade da pós-graduação, recursos públicos colocados na ciência e tecnologia e também a quantidade de doutores e mestres que estão dentro do chão de fábrica. No índice, a posição do Piauí no quadro avaliativo é a 21ª colocação. Resultado que comprova a necessidade de maiores investimentos na ciência, tecnologia e inovação no Estado.

Paulo Borges, reitor do IFPI, reafirma a importância dessa parceria e comenta algumas ações a serem executadas. "O Instituto Federal está de portas abertas para discutir maneiras de sustentabilidade, economia e desenvolvimento profissional. Estamos buscando estreitar cada vez mais a ciência, tecnologia e inovação do setor produtivo piauiense. Tem como trabalharmos e precisamos concretizar a teoria na prática", explica.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: Assessoria CIEPI

Mais de Indústria